5 dicas para sair do sedentarismo

corrida

 

Considerada como a doença do século, o sedentarismo está associado ao comportamento cotidiano decorrente dos confortos da vida moderna e tecnológica. Na indústria é considerado como um dos principais motivo de afastamento do trabalho pois esta diretamente relacionado ao aparecimento de enfermidades que afetam no desempenho do trabalhador.

Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), é classificado como sedentário aquele que não realiza nenhuma atividade física por pelo menos 10 minutos contínuos na semana. Esse comportamento, somado a hábitos alimentares não saudáveis, pode ser responsável pelo surgimento de diversas doenças crônicas, como obesidade, hipertensão arterial, diabetes (tipo 2), aumento do colesterol ruim e consequentemente doenças cardíacas.

A prática de exercícios físicos bem como a adoção de um estilo de vida mais ativo proporciona ao organismo uma série de adaptações positivas aos diversos sistemas: metabólico, cardiorrespiratório, musculoesquelético e osteoarticular, promovendo saúde e, por conseqüência, melhorando a qualidade de vida
Veja alguns passos que vão ajudar você a sair do sedentarismo e ter uma vida mais ativa e saudável.

 

1ª dica – Avaliação Física:
Faça uma avaliação física (teste de flexibilidade, força muscular, composição corporal e teste ergométrico – avalia o esforço do coração em condições de estresse). Esse passo é importante para avaliar sua condição física atual e ajudará a traçar as metas pessoais.

2ª dica – Estabeleça Metas:
Estabeleça metas realistas, alcançáveis e mensuráveis a curto (1 a 3 meses), médio (4 a 7 meses) e longo prazo (1 a 2 anos). Atingir e perceber os benefícios associado à atividade física é a forma mais motivadora de manter as mudanças.

3ª dica – Escolha uma atividade que você gosta:
Escolha um exercício de sua preferência, mesmo que musculação, caminhada e corrida sejam os mais comuns, talvez o mais prazeroso para você seja pilates, yoga ou dança de salão. Isso varia de indivíduo para indivíduo. Escolha a atividade que você mais gosta.

4ª dica – Respeite seus limites:
Comece no seu ritmo. Se você não está acostumado a se exercitar, deve começar a atividade física aos poucos, com uma intensidade leve e respeitando os limites do corpo. Isso vai ajudar a evitar lesões e diminuirá as chances de se sentir desestimulado.

5ª dica – Não desista, apesar dos imprevistos:
Não desista dos novos hábitos, pois é normal que imprevistos do dia a dia o impeça de cumprir com os objetivos estabelecidos. Diversos estudos comprovam que o número de desistência dos novos hábitos antes dos 3 meses é muito maior do que a manutenção dos mesmos. Portanto, nunca desista na primeira barreira! Pare em um café tome uma café de uma  Máquina de Café Expresso, ganhe energia e tente quantas vezes forem necessárias! Quando começar a sentir os benefícios físicos, cardiovasculares e mentais proporcionados pela atividade física, perceberá que todo aquele esforço valeu a pena.

Bons treinos!

Fonte: Carlos Eduardo Félix, educador físico do Einstein

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *